Blog

» Mais Postagens

24/06/2020

3 dicas para usar as texturas acrílicas na sua reforma

 

 

A reforma da sua casa ou do seu escritório não precisa ser tão difícil como parece. São muitas as opções de revestimentos, texturas e acabamentos, e isso pode deixar você um pouco confuso (a). Por isso, hoje vamos dar dicas para usar as texturas acrílicas na sua reforma. Esses produtos estão sendo cada vez mais utilizados, então fique por dentro das tendências e formas de utilizá-los.

O diferencial das tintas acrílicas é que elas são solúveis em água e, por isso, ideais para paredes. Além disso, essas texturas são impermeáveis devido às resinas e, portanto, próprias para o uso em ambientes externos. Sendo utilizadas em áreas secas ou molhadas, internas ou externas, o que mais você precisa saber sobre esses produtos? Confira algumas dicas para a sua reforma.


1. TIPOS DE TINTAS ACRÍLICAS

Existem três tipos de acabamentos para a sua textura com tintas acrílicas. O primeiro preza por um visual opaco, por meio da tinta acrílica fosca. Ela dá um tom aveludado para o cômodo e possui maior capacidade de disfarçar as imperfeições da superfície onde está sendo usada.

Para quem deseja um acabamento mais moderno e suave, a dica é optar pela tinta acetinada. O visual conta com um brilho discreto e refinado, porém não é uma boa opção para paredes com muita imperfeição. Se a sua reforma já está com o acabamento ideal com as paredes lisas, essa é uma indicação.

Por fim, a tinta acrílica brilhante, ou semi brilho, dá um visual diferenciado para a reforma. Ela é ainda mais sensível que a anterior, deixando imperfeições à mostra. Porém, se você procura por uma tinta resistente à limpeza e lavagens, essa é a melhor opção dentre as três.


2. PREPARAÇÃO ANTES DA PINTURA

O ideal é que a superfície seja lavada antes de receber a textura acrílica. Assim, todos os poluentes e microrganismos que aderiram a parede serão removidos e, no caso de fissuras e bolhas, estas serão destacadas para facilitar a correção antes da pintura. Geralmente, se utiliza o hidrojateamento combinado com sabão neutro como técnica para a lavagem.

Se a superfície já recebeu o acabamento acrílico e precisa de reparos, o indicado é demarcar a área a ser corrigida e proteger o entorno dela com papel filme ou algum plástico, remover a região danificada com as ferramentas apropriadas, limpar o ambiente e, por fim, aplicar a nova textura.


3. O USO DE OUTROS PRODUTOS ACRÍLICOS

Para que a textura acrílica tenha o efeito que você deseja na sua reforma, é necessário a utilização de outros produtos além das tintas. O selador acrílico, por exemplo, é uma opção para evitar o aparecimento de manchas na superfície escolhida.

Além dele, a massa acrílica é uma das principais bases para a formação de texturas, como:

- Finas ou lisas: feitas com massas de grãos finos ou sem grãos;
- Efeitos visuais: feitos com massas de grãos finos e pigmentados, que dão efeitos de mármore a cimento queimado;
- Grafiato: feitos com massas de grãos de malha espessa, dando efeitos de riscos e rústico.

Quer saber mais sobre o assunto? Navegue pelo nosso blog e conheça todos os diferenciais de nossos produtos e serviços.